Epigram 12.175

URN
Created on
By
Updated on

Descriptions

Texts

ἢ μὴ ζηλοτύπει δούλοις ἐπὶ παισὶν ἑταίρους,
ἢ μὴ θηλυπρεπεῖς οἰνοχόους πάρεχε.

τίς γὰρ ἀνὴρ ἐς ἔρωτ᾽ ἀδαμάντινος; ἢ τίς ἀτειρὴς
οἴνῳ; τίς δὲ καλοὺς οὐ περίεργα βλέπει;

ζώντων ἔργα τάδ᾽ ἐστὶν ὅπου δ᾽ οὐκ εἰσὶν ἔρωτες
οὐδὲ μέθαι, Διοφῶν, ἢν ἐθέλῃς, ἄπιθι:
κἀκεῖ Τειρεσίην ἢ Τάνταλον ἐς πότον ἕλκε,
τὸν μὲν ἐπ᾽ οὐδὲν ἰδεῖν, τὸν δ᾽ ἐπὶ μοῦνον ἰδεῖν.

— Paton edition

Ou não sintas ciúmes de todos teus escravos por causa de teus convivas, ou não tenhas criados afeminados servindo o vinho. Pois qual homem é de ferro frente ao amor? Ou qual não amolece com vinho? E quem não contempla indiscretamente belos rapazes? Entre os vivos é isso o que acontece. Se desejas, Diophon, vai-te embora para onde não há amores nem bebedeiras. E, lá, convida ou Tirésias ou Tântalo para beber: um para nada ver, e o outro apenas para ver.

— Luiz Capelo

Cities

Keywords

Scholia

Comments

Alignments

External references